HOME

Seu IP é 54.167.29.212

Busca



Perigo: cães com calazar estão invadindo as ruas de Sousa

Cidades - 19/07/2009



A população da cidade de Sousa está apreensiva com dezenas de cachorros com aspecto calazarento circulando livremente pelas ruas da cidade. O fato é preocupante e requer uma solução enérgica da vigilância sanitária para solucionar o problema antes que aconteça a contaminação nos humanos, já que, a leishmaniose (Calazar Humano) ao contagiar o homem se passa despercebido, mas vão avançando até deixar a pessoa muita fraca, podendo levar à morte.

O número de cães vem aumentando a cada dia, e não é preciso se esforçar para encontrar vários cachorros perambulando nas calçadas das ruas, praças e até estabelecimentos comerciais, como é o caso do mercado público localizado no bairro da Estação, onde são comercializados carnes e frutas, colocando a saúde dos freqüentadores em sérios riscos.

Nossa reportagem entrou em contato com Socorro Sá, Diretora da Vigilância Sanitária de Sousa, que nos informou que o trabalho vem sendo feito periodicamente desde o início do ano. No mês de abril foi realizada uma audiência entre o Ministério Público e a Vigilância Sanitária do Município em que ficou acordado que os casos detectados através do exame químico feitos pelo veterinário do Município José Abrantes Gonçalves, os cães infectados serão sacrificados, ela também nos informou que o Secretário de Saúde do Município Gilberto Gomes Sarmento está tentando junto ao Ministério da Saúde a construção de um centro de Zoonose para a cidade de Sousa.

As Pessoas que tenham conhecimento de cachorros com calazar, devem procurar a vigilância de Saúde e fazer a denuncia para que os técnicos possam verificar em loco e efetuar o recolhimento do animal se necessário.

Explicação sobre o ciclo da doença:
O mosquito pica um cão sadio que se contamina
No organismo do cão a leishmania (protozoário) se desenvolve
Então um mosquito pica este cão e se picar outro cão ou uma pessoa pode contaminá-la
No entanto, o contato cão-cão ou cão-homem não dissemina a doença.

Os sintomas do calazar no animal:
O cão vai apresentando queda de pêlo na região do focinho, ao redor dos olhos e orelha com descamação;
- Apresenta queda de pêlo generalizada, com feridas na fase mais adiantada do calazar;
- Há também o crescimento das unhas devido à letargia (patologia).

Da Redação

Veja a programação

Share
ShareSidebar