HOMENAGEM

Lucas Veloso parabeniza Campina Grande e relembra origem na Praça da Bandeira

11/10/2017

“Paraibano de coração" e "campinense de alma", o ator Lucas Veloso parabenizou Campina Grande nesta terça-feira (11), dia em que a cidade comemora 153 anos de emancipação. Em meio às felicitações, Lucas relembrou o início de sua carreira, marcado por vivências na Praça da Bandeira.

 

"Foi lá que eu comecei a contar minhas piadas de verdade mesmo, convivendo com Biliu de Campina, com Roberto Rocha, com Walker Faustino, com essa galera, uma espécie de boemia campinense, professor Mica Guimarães. Foi lá que eu comecei tudo que eu sou hoje, pelo Centro de Campina Grande, em especial a Praça da Bandeira", relatou.

 

Lucas, que tem 21 anos, hoje mora no Rio de Janeiro por causa do trabalho. Ele interpreta o Didico, na nova versão de “Os Trapalhões”, da Globo, e ainda participa do quadro “Dança dos Famosos”, do Domingão do Faustão.

 

Mesmo longe, o ator ressalta que sempre visita Campina Grande e faz questão de ir ao Parque do Povo, durante o “Maior São João do Mundo”. Além de dançar o autêntico forró pé-de-serra, Lucas aproveita para matar a saudade das comidas da terra.

 

“Pense num campinense, paraibano, que gosta muito de comer, sou eu. Eu vou pra lá pra comer todo tipo de comida e vou pra dançar um forrozinho na palhoça, é o que eu sou apaixonado de verdade”, explicou.

 

Herança do pai

Lucas Veloso herdou a veia artística do pai, o humorista Shaolin, que morreu em 2016 após uma luta de quase cinco anos após um acidente. Ainda menino, Lucas subiu ao palco pela primeira vez ao lado do pai, com apenas 5 anos de idade. Antes de ganhar expressão nacional, o jovem “testava” suas piadas com o pai, mesmo ele só conseguindo se comunicar com o olhos, e o considerava o diretor de seus espetáculos.

 

G1/PB

Comente

Copyright © Sertão Informado 2005-2016. Desenvolvido por Thiago Formiga