EDUCAÇÃO

Confira cinco dicas para reta final de preparação para o Enem

17/10/2017

Neste ano, a prova do Enem será aplicada nos dias 5 e 12 de novembro em todo o Brasil. Muita gente acabou não conseguindo se preparar da melhor forma com antecedência e está apostando tudo no estudo dessas últimas semanas para ir bem no exame. Se você é um destes alunos, é bom se planejar para otimizar o tempo e não desperdiçar nem mais um minuto. Para te ajudar neste processo, o Stoodi – plataforma de educação a distância com foco em Enem e pré-vestibular – montou uma lista com 5 dicas para esta reta final de preparação.

-  Estude assuntos que possui mais facilidade:

O professor de História do Stoodi, Eduardo Dimas, não recomenda que, neste momento, o aluno entre em contato com as partes mais difíceis das matérias, que demandem muito tempo, atenção e energia. "Agora não é o momento, pois as chances de você se frustrar são grandes. Ao se deparar com assuntos muito complexos, o equilíbrio emocional pode ser abalado e você pode, inclusive, ficar desmotivado para estudar", comenta.

No entanto, o Dimas pontua que também não é para priorizar apenas conteúdos que o aluno goste. "Escolha, de cada uma das disciplinas, assuntos que já tem alguma lembrança e que ainda possui dúvidas, mas que sejam lacunas fáceis de resolver e que não te farão perder muito tempo", conclui.

- Faça revisões do conteúdo já estudado: 

A dica de fazer revisões vale tanto para os alunos que se prepararam com mais antecedência quanto para aqueles que estão correndo atrás somente agora. Se você se encaixa no primeiro caso e se preparou desde o início do ano, é o momento de fazer o pente fino: revisar o conteúdo e analisar os tópicos que, de repente, não ficaram tão claros.

Se você começou a se esforçar recentemente, saiba que ainda é possível aprender algumas matérias. De acordo com o professor Dimas, fazer uma revisão com base nos principais tópicos possibilitará ao aluno incorporar pontos preciosos de cada disciplina.

O professor explica que o aluno deve organizar sua rotina de estudos de uma forma que não o desgaste. "Não há um número ideal de horas por dia revisando o conteúdo porque isso varia de aluno para aluno. O que vale para todos é que não adianta estudar além do limite, pois este cansaço pode até atrapalhar o desempenho na hora da prova", orienta.

- Estude por meio de resumos prontos

Os resumos são um pilar importante na preparação para a prova, pois permitem aos alunos rememorarem os pontos principais de cada disciplina. O professor orienta que,após ler os resumos, se o aluno identificar algum tópico que não está muito claro, vale retomar a teoria para resolver esta pendência.

"Para dar essa dica, me baseio em uma experiência pessoal. Quando fiz vestibular, faltando alguns minutos para o portão fechar, peguei aqueles resumos que os cursinhos entregam nos locais de aplicação de provas e um deles mencionava os partidos políticos da época do regime militar. Eu tinha estudado, mas não lembrava mais dos nomes. Eles caíram na prova e eu acertei", comenta Dimas.

- Pratique exercícios: 

Praticar exercícios é outra etapa essencial nesta reta final porque colocam o aluno à prova. Dessa maneira, o estudante conseguirá identificar quais assuntos realmente tem o domínio e quais ainda precisa focar mais durante a revisão.

No entanto, não há uma quantidade exata de exercícios para serem resolvidos. "Não tem um número específico. Vale ir resolvendo até que você se sinta seguro com aquele assunto", fala. Os exercícios servem, ao mesmo tempo, como um tipo de revisão e também para colocar o aluno em contato com o formato das perguntas que serão cobradas no dia da prova.

- Encontre a forma de estudar que mais funciona para você: 

Para o professor, não existe uma fórmula mágica ou uma receita que funcione de forma igual para todos os estudantes. "Só o aluno sabe dos seus limites, o quanto se preparou e em que condições estudou, então ninguém melhor que o aluno para dizer qual a maneira de estudar será mais eficiente".

Nessas horas, vale ensino a distância, procurar gráficos dos assuntos mais cobrados e até fazer um cronograma de estudos. 

Comente

Copyright © Sertão Informado 2005-2016. Desenvolvido por Thiago Formiga