TECNOLOGIA

Jeitinho brasileiro? Pesquisadores confirmam que gambiarra melhora sinal de WiFi

08/11/2017

Na época do auge das TVs de tubo, uma prática usada para melhorar o sinal das emissoras era colocar uma lã de aço nas antenas. Posteriormente, foi a vez de as pessoas improvisarem alumínio para aumentar o alcance do WiFi, ou até mesmo usarem a rede alheia pelo chamado ‘GatoNet’. E parece que a gambiarra para melhorar as ondas da internet sem fio realmente funciona. É o que dizem os pesquisadores da Universidade de Dartmouth, nos Estados Unidos.


Eles criaram uma peça metálica com um formato adequado para direcionar os feixes concentrados até um destino específico. Mas, diferente do que se faria em situações mais informais, tudo foi desenvolvido por meio de uma impressora 3D.


Com um simples investimento de cerca de US$ 35 [R$ 114 na conversão direta] e especificando os requisitos de cobertura, um refletor sem fio pode ser customizado para superar as antenas que custam milhares de dólares. Nós não apenas fortalecemos os sinais sem fio como também os tornamos mais seguros”, explicou Xia Zhou, professora assistente da universidade.


Nomeado de “parede virtual”, o projeto ganhou espaço no periódico científico EurekAlert! e esclareceu que o seu objetivo é concentrar as ondas de sinal nos locais onde o WiFi é mais utilizado. O teste foi bem-sucedido e apresentou perda da força do alcance de 10 dB nos lugares ignorados e aumento de 6 dB onde os cientistas queriam.


E aí, o que você achou dessa ‘gambiarra profissional’ para ter um sinal melhor de internet sem fio?

Comente

Copyright © Sertão Informado 2005-2016. Desenvolvido por Thiago Formiga