PARAÍBA

Ministro detalha em CG como será o início da duplicação da BR 230; veja os detalhes

06/02/2018

Os ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, esteve em Campina Grande na manhã desta segunda-feira (5), onde assinou a ordem de serviço que deu início à duplicação do trecho de 31,6 quilômetros da BR-230. O trecho que passa pela ampliação liga a cidade de Campina Grande à praça do Meio do Mundo, na comunidade de Farinha, na cidade de Pocinhos, no Agreste paraibano.

 

A ordem de serviço para início da duplicação da BR-230, na Paraíba, atraiu diversas lideranças políticas da Paraíba..

 

A cerimônia ocorreu nesta segunda-feira (5/2), na Federação das Indústrias da Paraíba (FIEP), em Campina Grande.De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pela obra, a reforma não deve ser concluída até 2020. A construção está orçada em mais de R$ 255 milhões e teve início em março de 2017. Ela se estende por cerca de 28 quilômetros e, além da triplicação, prevê a construção de 13 viadutos e reforma de outros três.

 

Além da duplicação da pista, estão ainda previstas a implantação de contorno, restauração da pista existente e construção de sete obras de artes especiais, sendo dois viadutos, três passagens inferiores e duas pontes (Córrego Bodocongó e Logradouro).

 

A previsão é concluir a obra em quatro anos, que vai do km 152,3, em Campina Grande, ao km 183,9, na Praça do Meio do Mundo. Ao todo, serão investidos R$ 307,7 milhões pelo Governo Federal.

 

A BR-230 é a principal rota de escoamento da produção industrial e seus insumos, pois corta todo o estado da Paraíba, no sentido interior-litoral

.

“Essa obra vai atrair investimentos para a região e cidades circunvizinhas, além de beneficiar cerca de um milhão de habitantes na Região Metropolitana de Campina Grande”, afirmou Quintella.

 

PB Agora

Comente

Copyright © Sertão Informado 2005-2016. Desenvolvido por Thiago Formiga