DestaquesEducação

O vice-diretor do campus da UFCG de Sousa/PB, professor doutor Allan Sarmento encaminha mais duas propostas de criação de novos cursos de pós-graduação na modalidade não presencial

Ele destaca que todas as propostas já foram encaminhadas para unidade acadêmica de ciências contábeis

O professor Doutor e Engenheiro Civil, Allan Sarmento, atual vice-diretor de Centro do CCJS/UFCG, encaminha mais 2 (duas) propostas de novos cursos de pós-graduação, nas quais foram motivadas pelas problemáticas ambientais vivenciadas no semiárido nordestino, e pela adaptação dos docentes a nova realidade das tecnologias educacionais. Ele destaca que todas as propostas já foram encaminhadas para unidade acadêmica de ciências contábeis, com a finalidade de aprovação e elaboração dos planos pedagógicos de cursos (PPC). Aduz ainda, que entre as propostas de cursos de Pós-Graduação estão à criação da Especialização em Gestão Ambiental no Semiárido (EGAS) e a Especialização em Docência e Tecnologia do Ensino Superior (EDTES), ambos na modalidade não presencial (remota/EaD).

De acordo com as suas palavras, “Devido à expansão da educação superior no Brasil e a reorganização dos conteúdos com a nova realidade das tecnologias educacionais a Especialização em Docência e Tecnologia do Ensino Superior irá promover uma oportunidade para capacitação específica dos docentes e profissionais que desejam lecionar em cursos superiores, além disso, a Especialização em Gestão Ambiental no Semiárido irá atender uma demanda crescente por profissionais qualificados, que adequem as complexidades ambientais, e que compartilhem uma plataforma cada vez mais multidisciplinar”.

O professor Allan destaca ainda, que as especializações não impacta apenas o mercado de trabalho, mas também se torna uma oportunidade de capacitar e atualizar as habilidade e competências dos profissionais. Uma pesquisa realizada pela Catho Educação revela que profissionais com pós-graduação no curriculum recebem em média 14,7% a mais, quando comparado com aqueles que possuem apenas uma graduação.

Portanto, o mercado já demonstra que está cada vez mais disposto a oferecer uma melhor remuneração por profissionais qualificados, valorizando aqueles que se capacitam, e que buscam está sempre atualizados as mudanças da sociedade. Um curso de pós-graduação também abre caminhos para aqueles que almejam cargos mais elevados como de coordenação, supervisão ou até mesmo gerencia.

Por oportuno, importante mencionar que a experiência profissional ainda é muito bem vista pelo mercado nos dias atuais, sendo uma necessidade devida às mudanças constantes do meio ambiente e o avanço tecnológico.

As propostas estão disponíveis para consulta nos processos a seguir:

Processo SEI nº. 23096.029678/2021-91 – Proposta de criação da Especialização Gestão Ambiental no Semiárido (EGAS)

Processo SEI nº. 23096.029682/2021-59 – Proposta de criação da Especialização em Docência e Tecnologia do Ensino Superior (EDTES)

Professor Doutor Allan Sarmento Vieira
Vice-Diretor do CCJS/UFCG
Premiado em 1º Lugar, na categoria doutorado, no Prêmio Brasil de Engenharia 2011 – Temática: Recursos Hídricos e Saneamento.
Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/1584355117069605
Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)

Deixe sua opinião abaixo via Facebook

Sertão Informado

O sertão informado é um portal de notícias, que está sempre atualizado com as últimas notícias de Sousa, do Brasil e da Paraíba em geral.
Botão Voltar ao topo